DIOGO PIRES_ruanoite

Residencial Diogo Pires

2011

Jaguaré, São Paulo
SP, Brasil

O Residencial Diogo Pires se insere nas ações de urbanização da Favela Nova Jaguaré em São Paulo com o objetivo de realizar parte do reassentamento das famílias moradoras nas áreas de risco ou afetadas por obras de infraestrutura.

O projeto explora as relações entre público e privado ao propor espaços e usos variados, especialmente os estabelecidos no térreo, que enfatizam a importância da “vida coletiva” como elemento indispensável para a construção de uma cidade mais democrática.

 

Caminhar Pinheiros

2018 – 2019

X_INTERVENÄ«O PINHEIROS_041

Rua dos Pinheiros, São Paulo
SP, Brasil

O Caminhar Pinheiros foi um projeto de parceria entre o Coletivo Pinheiros e o Poder Público para tornar a Rua dos Pinheiros mais segura e acolhedora para os pedestres. Nesta intervenção substituiu-se 18 vagas de estacionamento por faixas de circulação, segurança e bem-estar para o pedestre entre as ruas Joaquim Antunes e Cônego Eugênio Leite.

Espaço de Conhecimento Parelheiros

2014

Layout - Salas de aula

Parelheiros
SP, Brasil

A Penitenciária “ASP – Joaquim Fonseca Lopes” de Parelheiros possui atualmente 4 salas, em cada um dos pavilhões, destinadas a atividades pedagógicas que são articuladas pelo corredor de acesso. O presente projeto tem como objetivo a reforma e a reorganização das salas e do corredor criando novos usos e possibilidades para o espaço.

 

Foto: Wanderley Costa

Praça Cidade das Flores

2005 – 2007

Prefeitura Municipal de Suzano, Rua Baruel, 501 - Centro
SP, Brasil

A Praça do Paço Municipal de Suzano viabilizou a construção de um espaço público de importância simbólica e que confere identidade ao Centro Cívico do município.

A importância de se completar o Paço Municipal de Suzano, antes um descampado utilizado como estacionamento, se deu por sua localização privilegiada no centro da cidade, muito próxima ao centro comercial e de serviços e, ao mesmo tempo, distante o suficiente para oferecer uma alternativa de extensão da caminhada até a Praça do Paço. Este Centro Cívico é um pólo de prestação de serviços à comunidade e, com sua remodelação, significa agora uma possibilidade de fruição e descanso seja após as compras ou durante a realização de algum serviço no centro. Da mesma forma, o simples e descompromissado passeio com as crianças ou amigos pode ocorrer uma vez que o novo espaço é, por si só, um lugar de estar muito agradável e atraente.

Urbanização Areião

2011 – 2014

Modelo Eletrônico do Edifício de Uso Misto Proposto

Montanhão, São Bernardo do Campo
SP, Brasil

A proposta busca promover a integração urbanística entre o conjunto de assentamentos e a zona urbana consolidada, conectando-o a Norte com o restante do município, revertendo a condição de isolamento que o bairro possui, através do prolongamento da Av. Padre Léo Comissári, passando pelos núcleos Braservice e Silvina Audi, e facilitando o acesso ao centro e aos equipamentos públicos do entorno.

A qualificação das áreas ambientalmente degradadas em decorrência do processo de antropização busca enfocar a recuperação dos Mananciais da Bacia da Billings através da recomposição da vegetação de cumeeiras, encostas, margens de córregos, procurando restabelecer este ciclo de captação e recarga de água para os mananciais, e da implantação de sistemas de infraestrutura como abastecimento de água, redes de coleta de esgoto e de drenagem, para 100% da área de intervenção, evitando o despejo desta fonte poluidora diretamente na represa.

Orla Marítima de Ilha Comprida

2011 – 2013

20122016 tratada 2

Av. Beira Mar, Ilha Comprida
SP, Brasil

Ilha Comprida, um município que tem a peculiaridade de ocupar uma estreita faixa de areia com aproximadamente 72 km de extensão por 3 km de largura e 100% de seu território incluído em APA, recebe em sua área central um projeto de requalificação da orla marítima que busca a organização e dinamização das atividades beira-mar e tem objetivos que vão além dessa frente marítima e do turismo de veraneio.